fbpx
Adoção

Dicas para gateiros de primeira viagem

Você está se sentindo sozinho e chegou à conclusão de que ter um gato é a melhor opção pra você? Ou sempre gostou de gatinhos e quer apenas completar a família com um bichano? Pois bem, esse texto vai te ajudar a ter todas as informações necessárias para a chegada do tão esperado peludo na sua vida. Dá uma olhada nas nossas dicas.

Você está se sentindo sozinho e chegou à conclusão de que ter um gato é a melhor opção pra você? Ou sempre gostou de gatinhos e quer apenas completar a família com um bichano? Pois bem, esse texto vai te ajudar a ter todas as informações necessárias para a chegada do tão esperado peludo na sua vida. Dá uma olhada nas nossas dicas:

A escolha do sexo

Quem quer muito ter um bichinho, dificilmente opta pelo sexo dele, mas sim pela afinidade. Por isso, vale ressaltar que este tópico depende muito do gosto pessoal de cada um. No entanto, alguns gateiros comentam que machos são mais brincalhões, enquanto que as fêmeas são mais reservadas. Mas, como cada indivíduo, cada animal tem a sua personalidade, e o sexo do bichano pode não impactar no comportamento dele. Por conta disso, a nossa dica é para que você deixe o seu coração te guiar e escolha o que você se apaixonar mais.

Idade

Para gateiros de primeira viagem, o ideal é que optem por filhotes - dessa forma, é mais fácil que o animal se adapte à sua rotina, além de ser delicioso acompanhar o crescimento dele.

Gatos adultos ou mais velhos também são excelentes companhias. Caso você opte por um bichinho com a idade mais avançada, é importante saber um pouco sobre a sua personalidade, a fim de entender se ele se adapta ou não em seu novo lar.

Quantos gatos devo ter?

Se você tiver condições, adote dois gatinhos, pois eles adoram ter companhia. Caso você fique muito tempo fora de casa, um pode entreter o outro, e tornar-se verdadeiros companheiros de vida - e caçadas. Mas, antes de decidir sobre a quantidade de felinos na sua casa, é ideal conhecer os cuidados básicos para receber o primeiro deles.

Sem rotas de fuga

Gatinhos adoram passear e sabemos disso. No entanto, a partir do momento que decidimos adotar um deles, precisamos ter a responsabilidade de mantê-los seguros no nosso lar. Para isso, é necessário tirar todas as rotas de fuga possíveis da sua casa, principalmente com telas nas janelas. Se o bichano cai, ele pode se machucar bastante ou até mesmo perder todas as suas sete vidas.

Dê uma procurada em empresas especializadas na instalação de redes de proteção, ou telas para a janela. Além de manter os gatos longe de possíveis quedas, as telas impedem que eles saiam para a rua e briguem com outros animais, contraiam doenças ou até mesmo sofram acidentes.

Higiene

Os gatinhos são conhecidos por fazer suas necessidades na caixinha de areia, certo? Por isso, é necessário providenciar a caixa, a areia e uma pá para mantê-la sempre limpa. Existem diversas opções desses produtos no mercado, em todas as faixas de preço - por isso, a escolha dos itens varia de acordo com as possibilidades e gosto de cada tutor. No entanto, uma coisa é importante: mantenha sempre o banheiro do bichano limpo, caso contrário, acidentes podem acontecer em outros cantos da casa.

Alimentação

Assim como todos os produtos para pets, existem inúmeras opções de rações para a alimentação dos gatinhos. O ideal é consultar um veterinário para entender qual é a mais apropriada para cada um.

Caso seja possível, invista também em uma fonte de água como bebedouro. Os gatinhos não são muito fãs de beber água, mas precisam de um incentivo extra para não sofrerem problemas de saúde. A água em movimento chama a sua atenção e o motiva para não ficar desidratado.

Diversão

Uma coisa boa dos gatos é que eles podem se divertir com absolutamente qualquer coisa! Não é necessário investir muito dinheiro para manter o bichano entretido: vale bolinhas de papel, cordinhas, penas ou qualquer coisa que se mexa. Existem também opções no mercado de brinquedos com catnip - conhecida também como “erva dos gatos” -, que incentiva a movimentação deles.

Saúde

Assim como todos os animais, os gatinhos também estão propícios a algumas doenças, e precisam de cuidados básicos de saúde para se manterem alegres e engraçados.

  • FIV e FELV: são doenças bastante comuns nos felinos, mas que podem prejudicar bastante a relação deles com outros gatos e debilitar sua saúde. Para saber se o seu animal está infectado, é possível realizar testes de sangue para evitar que eles tenham grandes problemas futuramente.
  • Vacinas: todos os anos, é necessário dar uma dose de quádrupla ou quíntupla, além da vacina anti-rábica.
  • Castração: é ideal para manter a saúde do seu gatinho sempre em dia. A castração pode ser feita, normalmente, a partir de 6 meses de idade, e é considerada uma cirurgia simples e segura para o animal. Além de deixá-lo mais calmo, também previne outras doenças mais graves, como câncer.
  • Consultas constantes: se possível, leve seu bichinho anualmente ao veterinário para fazer um check-up e prevenir qualquer doença grave que possa aparecer.

Você se sente pronto para cuidar de um gatinho? Acompanhe todas as nossas dicas por aqui e pelo nosso aplicativo, disponível para  Android e iOS neste link.

assine nossa news

Cadastre-se e receba dicas e novidades sobre o mundo Pet. :)

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
matérias relacionadas

Nomes diferentes para cachorros

A chegada de um animal de estimação é sempre motivo de alegria, eles são nossos melhores companheiros e dão vida ao lar! Escolher um nome para seu pet de um modo geral pode ser um dilema.

SAIBA MAIS

Dia das crianças: lugares para levar o pet em SP

Piscina exclusiva para cachorros, day care, restaurantes pet friendly, parque de diversões, e muitos lugares diferenciados para levar o seu pet nesse dia das crianças.

SAIBA MAIS

OUTUBRO ROSA PET: câncer de mama em cadelas e gatas

Você sabia que o câncer de mama em cadelas é mais comum do que em mulheres? O conselho federal de medicina veterinária afirma que ‘’em cadelas, a probabilidade do incidente de câncer de mama fica entre 45% e 50%’’ já em gatas, o câncer de mama tem propensão de 20% e 30%. É com base nesses dados, que começamos a campanha outubro rosa Pet.

SAIBA MAIS

Como evitar que seu gato lamba a patinha

Que os gatos são lambedores especialistas todos sabem! Porém o excesso de lambedura deve despertar sua atenção. Se você tem um bichano em casa, vem com a gente que vamos te explicar os principais motivos.

SAIBA MAIS
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2021 S2 PETS